Fale Conosco agora +55 (49) 99933-8883

Mendes Máquinas – 62 Anos de História, Tradição e Desenvolvimento

Mendes Máquinas – 62 Anos de História, Tradição e Desenvolvimento

HISTÓRIA COM VALORES FAMILIARES E TECNOLOGIA DE PONTA NOS EQUIPAMENTOS DA MENDES CONQUISTA RESPEITO E MERCADO DE GRANDES INDÚSTRIAS NO UNIVERSO DA MADEIRA

Situada em Curitibanos, no centro-oeste de Santa Catarina, uma empresa fabricante de máquinas e equipamentos para serrarias foi capaz de consolidar-se como a mais avançada em tecnologia na América Latina, destacando-se inclusive no cenário mundial.
Tendo como início de suas atividades uma pequena empresa de reparo de equipamentos para serrarias, a Mendes desenvolveu ao longo do tempo soluções brasileiras baseadas em conceitos internacionais. Contando com a
colaboração e confiança de clientes, a companhia projeta um futuro baseado nos valores familiares que a trouxeram
até aqui, com vistas à evolução das linhas de equipamentos que já oferece, que vão desde o processamento da tora até o gradeamento da madeira serrada.

EVOLUÇÃO TECNOLÓGICA
A partir do novo milênio a companhia ampliou seu foco em pesquisa e desenvolvimento de novos produtos, passando a investir cada vez mais no setor de engenharia, o que tornar-se-ia um dos grandes diferenciais da empresa. Neste mesmo período, viagens em parceria com clientes, possibilitaram a Mendes a conhecer e desbravar novas tecnologias em outros continentes como América do Norte e Europa, bem como visitação às principais feiras internacionais do setor. Toda essa transformação aconteceu com a chegada do recém-formado engenheiro mecânico, Rodrigo Mendes Fabris, protagonista das grandes mudanças e inovações tecnológicas. “Além de conhecimento, ele (Rodrigo) trouxe um novo conceito de qualidade e uma busca incessante pelo aprimoramento de processos, produtos e serviços, visando sempre a satisfação plena dos nossos clientes”, comenta Newton Fabris.
O grande ponto de inflexão dessa jornada de desenvolvimento se deu por meio do projeto e fabricação da primeira
serra de fita de alta tensão do mercado latino americano, em 2004. Esse equipamento, chamado Velotech, tem a finalidade de desdobrar principalmente blanks para produção de molduras finger joint. Até então, esta tecnologia só existia nos EUA (Estados Unidos da América) e Europa. No ano seguinte, ainda na remanufatura, foi produzida a Multiblock (recuperadora de blocks), mais uma novidade no mercado nacional. Outro marco nessa trajetória, em 2006, a Mendes apresentou ao mercado da madeira a reserra horizontal dupla mais rápida (80 m/min) e precisa (s = 0.6 mm) do mercado, a FHS1500 (volantes 1500 mm).
A partir desta sequência de lançamentos de novos produtos, a Mendes passa a ser o principal fornecedor de
grandes empresas do setor madeireiro. Nos anos seguintes, a Mendes buscou com ajuda de parceiros internacionais desenvolver-se em outras áreas para que pudesse atender às novas demandas de mercado, ou seja, na busca por soluções completas. Em meados de 2011 já apresentava os primeiros equipamentos operados com tecnologia de scanner e otimização de corte da madeira. Atualmente, a empresa utiliza a mais alta tecnologia existente no mercado mundial através da marca Italiana Microtec, líder absoluto em soluções de software e scanner 3D, isso tudo alinhado à robustez, qualidade, confiabilidade e responsabilidade que compõe a essência da Mendes. A empresa já vem se preparando também para atender às novas demandas da Industria 4.0 por meio de parcerias com start-ups e institutos de inovação e tecnologia.
“A Mendes passou de um fabricante de ótimas serras de fitas para uma indústria com capacidade de entregar uma
solução completa com elevado nível de responsabilidade para médias e grandes empresas. Nosso maior patrimônio
está no conhecimento, na experiência e principalmente na paixão pelo que fazem nossos colaboradores, bem como na confiança depositada em nossa empresa através de nossos clientes e parceiros”, comenta Rodrigo Mendes Fabris, diretor técnico.

TRANSIÇÃO DE GERAÇÕES
A transição da primeira para segunda geração teve início já na década de 80 com a saída dos fundadores e entrada de sucessores, entre eles Sr. Newton Fabris que ocupou o cargo de sócio-gestor. A entrada da terceira geração se deu em
três etapas distintas com a chegada dos filhos de Newton: primeiro foi Rodrigo Mendes Fabris em 1999, cinco anos mais tarde foi a vez de Débora Mendes Fabris fazer parte do time e mais recentemente, em 2017, André Mendes Fabris passou a ocupar o cargo de diretor executivo.
Nesta nova etapa da empresa familiar que vem se tornando cada dia mais profissionalizada, Newton Fabris permanece como presidente da companhia para garantir a transição de gerações de forma plena e sólida. O casal Newton e Roseni Mendes Fabris possuem o controle acionário da empresa.
“Nossa missão é levar adiante os princípios e valores que foram construídos ao longo de todas essas décadas, garantir e fortalecer o nosso DNA da confiança, trabalhar de forma profissional para que possamos atender cada vez melhor às necessidades do mercado e de nossos clientes, prover oportunidades de crescimento aos nossos colaboradores e assegurar a prosperidade e crescimento da empresa.” Comenta André Fabris, diretor executivo.
“O grande foco da empresa sempre esteve voltado para o desenvolvimento e inovação de produtos. Foi sem dúvidas
a grande força motriz que elevou a Mendes ao patamar que se encontra hoje, é o nosso core business e por essa razão, continuaremos investindo em tecnologia. Entretanto, é chegado o momento de equilibrar a equação produto, processos e pessoas. Estamos trabalhando em diversas frentes, estruturando processos, desenvolvendo pessoas e lideranças, ou seja, reconstruindo nosso modelo de gestão. Nele incluímos um programa completo de desenvolvimento social junto à comunidade chamado Plantar. Acreditar e investir em pessoas é garantir o presente e futuro”, comenta Débora Mendes Fabris, gerente de recursos humanos.

A CONFIANÇA QUE APROXIMA
De acordo com o presidente da Todeschini, João Farina Neto, o novo investimento será feito para dar destinação às
árvores de pinus que a empresa planta há 40 anos. Este será o segundo projeto que a Mendes entrega para o grupo gaúcho. Segundo Farina, o primeiro foi em meados dos anos 2000. Depois da instalação dos primeiros equipamentos, as duas empresas passaram a ter um relacionamento mais próximo. Agora, com a expansão dos negócios, a Todeschini voltou ao mercado e encontrou, de novo, as melhores soluções na Mendes. “Hoje, é a empresa mais preparada”, garante Farina. Para o presidente da Todeschini, a tecnologia da fabricante catarinense é a mais avançada do mercado, e a confiança na Mendes nos levou a tê-los como o fornecedor de todo o projeto.
O relacionamento da Mendes com outra gigante do setor industrial de base florestal, a Berneck, começou na manutenção de equipamentos. “Nossa relação começou com um serviço especializado de retifica nos volantes na serraria de nossa sede em Araucária (PR)”, lembra Fernando Gnoatto, diretor da Divisão de Madeira e Vendas Internacionais da Berneck. Em seguida, a Mendes venceu a concorrência para a nova linha de serraria na unidade fabril da empresa para o beneficiamento de teca no Mato Grosso. Para Gnoatto, o que mais vale em um projeto de grande porte é o compromisso e responsabilidade do pós-venda, sempre lidamos com problemas. “Com a Mendes não me preocupo com isso, se o problema é deles, são muito responsáveis”, avalia. “Estamos sempre estudando melhorias, e a Mendes está sempre em nossos planos como fornecedor confiável”, garante o executivo da Berneck.
A Adami S/A é uma das principais fabricantes de produtos florestais do país. Com sede em Caçador (SC), a companhia alcança diferentes mercados no Brasil e exterior. A empresa está investindo na ampliação da produção que será concluído em janeiro de 2020. “O consumo estimado de toras será de 460.000 t/ano para uma produção de 240.000 m³/ano de madeira serrada”, detalha o gerente industrial Daniel Pscheidt.
A previsão é que a nova unidade composta pelas soluções Mendes seja operada por 14 colaboradores por turno.
Daniel destaca que a Mendes mostrou grande evolução técnica nos últimos anos, capaz de atingir a capacidade
produtiva que possibilita a expansão desejada da Adami, a disponibilidade e proximidade para atendimento, o auxílio no desenvolvimento, bom contato com outros fabricantes que fazem parte do escopo do projeto e a história da fabricante de equipamentos.
A fabricante de paletes Wood Pack, com unidades em Limeira (SP) e Cerqueira Cesar (SP), acaba de inaugurar uma
linha de beneficiamento de toras produzida totalmente pela Mendes. Atualmente a empresa produz 6 mil peças diariamente, operando em um turno somente. Adalberto Luís Benetti, diretor do conselho administrativo, afirma que optou pela tecnologia da Mendes pela confiança na disponibilidade mecânica do equipamento e precisão das peças. “A Mendes não está entre as mais baratas, mas proporciona confiabilidade no processo. Sei que vou ligar a máquina de manhã e desligar somente no final do dia porque o rolamento, redutor e todo o resto são de primeira linha”, destaca Adalberto. Ele ressalta também que a Wood Pack utiliza máquinas importadas da Itália para a montagem dos paletes que exigem muita precisão na medida das tábuas. “O equipamento é automático e para se houver diferenças”, explica.
O planejamento da Wood Pack é dobrar a capacidade produtiva no próximo ano, passando a fabricar de 8 mil a 10
mil paletes por dia. “Também pretendemos entrar no mercado de venda de madeira serrada em 2019”, completa o
executivo. Ele revela ainda que está nos planos da empresa realizar outro investimento com máquinas Mendes. Desta vez será na área de empilhamento de madeira, um setor que ainda utiliza muita mão de obra e precisa de mais agilidade na produção.

CERTAMENTE, GARANTIR UM PROCESSO DE SUCESSÃO CONSISTENTE É UMA DAS MISSÕES MAIS DIFÍCEIS E IMPORTANTES QUE TEMOS. ALÉM DA REALIZAÇÃO PESSOAL E PROFISSIONAL, ME SINTO MUITO CONFIANTE DIANTE DESSE PROCESSO NA MENDES. COM O APOIO INCONDICIONAL DE MINHA ESPOSA, CONSEGUIMOS EDUCAR NOSSOS TRÊS FILHOS DE TAL FORMA QUE ELES PUDESSEM SE DESENVOLVER COMO SERES HUMANOS E PROFISSIONAIS CAPAZES DE EXERCER A FUNÇÃO QUE CADA UM ATUA DENTRO E FORA DA EMPRESA. EQUIVALENTES EM VALORES E PRINCÍPIOS, DISTINTOS NAS SUAS CAPACIDADES E CARACTERÍSTICAS PROFISSIONAIS, SE COMPLEMENTANDO. MAS, A SUCESSÃO NÃO PARA AÍ, ELA ESTENDE-SE AOS DEMAIS FUNCIONÁRIOS, ELES SÃO FUNDAMENTAIS NESSE PROCESSO. NESTE SENTIDO, POSSO AFIRMAR QUE TEMOS UM TIME ALTAMENTE ENGAJADO,
COMPROMETIDO COM O PRESENTE E FUTURO. ISSO TUDO ME DEIXA SEGURO DE QUE ESTAMOS NO
CAMINHO CERTO. TEMOS MUITOS DESAFIOS PELA FRENTE, MAS ESTAMOS PREPARADOS.

NEWTON FABRIS, PRESIDENTE

Share this post

Português Español English